domingo, 9 de abril de 2017

DOMINGO DE RAMOS "BENDITO O QUE VEM EM NOME DO SENHOR"

“Bendito o que vem em nome do Senhor”
A liturgia deste domingo tem dois momentos: a alegria da procissão de Ramos e a séria missa de Quaresma. Abre-se para nós a comemoração dos dias em que o Senhor se entregou à morte e chegou à glorificação.


Jerusalém está cheia de gente por causa da festa da Páscoa, festa da libertação da escravidão do Egito e festa de toda a salvação de Deus oferecera ao povo. Jesus vem à festa e faz o ingresso triunfal, como o rei prometido, como diz o Profeta Zacarias: “Exulta! Solta gritos de alegria Jerusalém, eis que o teu rei vem a ti, Ele é justo e vitorioso, humilde montando sobre um jumento, sobre um jumentinho, filho da jumenta” (Zc 9,9). Ele é o grande rei, descendente de Davi, o Messias esperado. E  o povo entendeu. O povo o acolheu. Os chefes o recusaram e mataram. 

domingo, 2 de abril de 2017

QUINTO DOMINGO DA QUARESMA


A vida e a morte são colocadas uma ao lado da outra. Se em Deus, a vida vence a morte. Jesus é sinal vivo de Vida Eterna para todos. Por isso, doa a sua como amor eterno e insuperável. O Espírito Santo é dada ao mundo como sopro de vida nova para impulsionar e fecundar a fé da humanidade convertida.

A narrativa da ressurreição de Lázaro proclama o núcleo da vida e missão de Jesus: ser Vida e dar a Vida a todos. Ele dissera: “Eu vim para que todos tenham Vida e a tenha em abundância” (Jo 10,10).


Jesus esperou que Lázaro morresse. Ele poderia não tê-lo deixado morrer, mas quis mostrar que é Senhor da Vida. Essa vida é dada a quem tem fé. Marta crê na ressurreição após morte. Mas Jesus dá a vida agora “Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, mesmo que morra, viverá. Todo aquele que vive e crê em mim não morrerá jamais. Crês nisso?” (Jo11,25-26). Marta responde: “Creio firmemente que Tu és o Messias, o filho de Deus que devia vir ao mundo” (Jo 11,27). Esse milagre de Jesus é prenúncio de sua Ressurreição.

quarta-feira, 29 de março de 2017

PROGRAMAÇÃO SEMANA SANTA 2017

Programação Semana Santa 2017
Ø  Dia 09/04 - Domingo de Ramos:
07h30min – Bênção dos Ramos na Comunidade de N. S. de Lourdes em seguida a procissão em direção a Comunidade N. S. do Carmo onde se encerra com a MISSA DE RAMOS.
18h – Bênção dos Ramos na Comunidade Santíssima Trindade em seguida a procissão em direção a Comunidade N.s. Rainha da Paz onde se encerra com a MISSA DE RAMOS.
Ø  Dia 10/04 - SEGUNDA-feira Santa:
 Ø  Dia 11/04 - TERÇA-feira Santa:
19h30min – Celebração Penitencial e Absolvição Geral na Comunidade São Benedito.
Ø  Dia 12 /04 - QUARTA-feira Santa:
19h30min – Celebração Penitencial e Absolvição Geral na Comunidade N .S. do Carmo.
Triduo pascal
Ø  Dia 13/04 - Quinta-feira Santa:
9hMISSA DOS SANTOS ÓLEOS E RENOVAÇÃO DAS PROMESSAS SACERDOTAIS, presidida por Dom Vital na Catedral, em Marabá.

 19h30minMISSA DA CEIA DO SENHOR COM LAVA PÉS na Comunidade de Nossa Senhora  Rosário.
 Ø  Dia 14/04 - Sexta-feira SANTA:
7h30min – VIA SACRA concentração na Comunidade N. S. de Lourdes em seguida percorrendo algumas ruas do Bairro até a Igreja da Comunidade São Benedito.
15h -    CELEBRAÇÃO DA PAIXÃO DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, na comunidade de Nossa Senhora do Carmo.
 Ø  Dia 15/04 – Sábado Santo:
19h30min – CELEBRAÇÃO DA VIGÍLIA PASCAL, na comunidade de Nossa Senhora de Nazaré.
 Ø  Dia 16/04 – Domingo de Páscoa da Ressurreição:
07h30min – MISSA DA PÁSCOA DA RESSURREIÇÃO na comunidade São Benedito;
09h – MISSA DA PÁSCOA DA RESSURREIÇÃO na comunidade Sagrado Coração de Jesus;
10h30min – MISSA DA PÁSCOA DA RESSURREIÇÃO na comunidade Nossa Senhora do Carmo;
18h – MISSA DA PÁSCOA DA RESSURREIÇÃO na comunidade São Miguel Arcanjo;
19h30min – MISSA DA PÁSCOA DA RESSURREIÇÃO na comunidade de Nossa Senhora do Rosário.

domingo, 26 de março de 2017

4º DOMINGO DA QUARESMA

Neste quarto domingo da quaresma celebramos o domingo da alegria, chamado Laetare – Alegrai-vos! Ele nos faz ver os primeiros clarões da festa da Páscoa. Somos convidados à “correr ao encontro das festas que se aproximam cheios de fervor e exultando de fé”. Continuamos a temática batismal. Jesus faz um milagre que é símbolo do batismo. É a iluminação. Aquele que se prepara para o batismo é iluminado por Cristo, que é a Luz. Notamos que o cego não pede para ser curado pois não conhece Jesus. A fé é gratuita. A iluminação leva ao ato de fé. Jesus fez lama com saliva e barro e passou nos olhos dele mandando se lavar na fonte chamada Siloé, que quer dizer enviado. Ele é o enviado de Deus que lava os olhos para ver pela fé.


Antes de curar o cego, Jesus se declara luz do mundo (Jo 9,8). A cura do cego simboliza que a cegueira que nos impede de acreditar em Jesus pode ser curada acolhendo-o como enviado do Pai: “Eu sou a luz do mundo, quem me segue não andará nas trevas, mas terá a luz da vida” (Jo 8,12). O fechamento vem da autossuficiência. Jesus afirma: “Eu vim para que os que não enxergam vejam e os que veem tornem se cegos” (Jo 9,39). Afirmando que vê. Sendo cego – não iluminado por Cristo-, permanece no pecado, que é a cegueira. 


Uma boa semana e continuemos com
nossa oração em preparação a Páscoa.

domingo, 19 de março de 2017

3 DOMINGO DA QUARESMA

O tempo da quaresma nos instrui a viver e melhor a preparação para a Páscoa do Senhor. Este mistério de Morte e Ressurreição de Jesus chega a cada cristão por meio do Batismo e de sua vivência de cada dia. Por isso, neste ano, temos um temário batismal para os três domingo que se seguem. Os Evangelhos apresentam Jesus com Água viva, Luz e Vida. Com esses três temas podemos seguir o caminho de preparação para renovar o ato de fé e a graça do Batismo.


A água sempre teve muita importância na vida das pessoas. É a substância mãe da qual é criado o mundo, é fonte de vida e de purificação. O Dilúvio veio purificar o universo. Nos Evangelhos a água é símbolo da ação do Espírito Santo. Á agua, fecundada pelo Espírito, é fonte de vida e mata a sede de vida eterna. Jesus diz à samaritana: “Quem beber desta água nunca mais terá sede” (Jo 4,14).
Uma boa semana e continuemos com
nossa oração em preparação a Páscoa.